Animais de grande porte ganham novos lares, mesmo em tempos de pandemia em Bauru, SP

Desde a Lei n.º 7.055/2018, que proíbe a criação de animais de grande porte na área urbana de Bauru, foi firmada uma parceria entre o Conselho Municipal de Proteção de Defesa Animal (Comupda), Prefeitura Municipal, por meio do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), e ONGs do município para dar um destino aos animais apreendidos. Mesmo durante o tempo de quarentena, esta parceria mantém seus trabalhos com todos os cuidados devidos.

A presidente do Comupda, Thaís Viotto, explica que o conselho é responsável por fazer a triagem e o encaminhamento dos animais de grande porte que foram apreendidos pelo município em fiscalização, para doação que ocorre através de ONGs de proteção animal. São bezerros, cavalos, éguas, bois, vacas e mulas. “Não poderíamos deixar de fazer este nosso trabalho, ainda que na quarentena. Os animais continuam sendo apreendidos pelo CCZ e nós temos de encontrar seus novos lares. Na última doação que fizemos, no dia 8 de julho, foram nove animais que ganharam uma nova chance de serem felizes”, aponta.

AGENDAMENTO

Para que haja todos os cuidados por conta da pandemia de Covid-19, a presidente salienta que os trabalhos sofreram algumas alterações durante estes últimos meses. “Estamos fazendo o agendamento e conversando tudo antes para evitar a aglomeração e o contato desnecessário. Antes, as pessoas mandam as fotos do local onde poderão criar os animais, que tem de ser em área rural, para que façamos a triagem. Muitas vezes, conseguimos adotantes por indicação”, diz Thaís, explicando que essa doação é realizada mensalmente.

Ela ainda fala que os adotantes assinam um termo de que não colocarão os animais para tração, cavalgadas, provas e exposições, trabalhos excessivos, venda para consumo ou maus-tratos. “Estamos encontrando os adotantes só no momento da doação, com máscaras e todas as precauções necessárias”, diz.

“Encontrar quem queira adotar parece ser algo difícil, mas tem muita gente que gosta e tem sítio. O animal chega para eles como um ‘animal de estimação’ mesmo”, completa.

DENÚNCIA

Os munícipes podem entrar em contato com o CCZ (14 3103-8055) ou com a Ouvidoria da Prefeitura e fazer sua denúncia, caso saiba de animais de grande porte em área urbana ou em situação de maus-tratos. “É importante que os donos desses animais evitem criá-los em área urbana, que encaminhem para um local adequado, para não correrem o risco de perdê-los em fiscalizações. Além disso, mesmo que ainda não tenha ocorrido, caso o animal adotado esteja em alguma situação que infrinja o termo de adoção, ele também será recolhido e reencaminhado”, finaliza.

Por Ana Beatriz Garcia

Fonte: JCNet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *