Institucional

O Santuário

No dia 25 de novembro de 2015, um pedido de ajuda para uma égua que estava caída com as duas pernas machucadas em um terreno na cidade de Tremembé, SP.

Meu coração vibrou de uma maneira que, mesmo nunca ter resgatado um cavalo na vida, eu fui até o local. Pedi ajuda para algumas pessoas ( veterinária, uma amiga ofereceu o sítio como lar temporário, contato de caminhão de transporte…), e lá estávamos nós na tentativa de salvar aquele animal que já não estava mais no local. Moradores avisaram que ela era dos “sem terra” e que eles a levaram. Fomos até o assentamento e ficamos horas negociando seu salvamento.

Quando olhei para aquela égua com feridas nas duas pernas, com ossos aparentes, prenhe… vi seu olhar de medo. O medo não era só por sua própria vida mas pelo filho que carregava no ventre.

Ali, bem ali nasceu o Santuário. Prometi a ela que jamais a abandonaria e que seu filho nasceria livre.

A partir desse instante fui mudando completamente a minha vida para poder cumprir a promessa que havia feito.

Saí de casa, mudei de cidade e da cidade pra zona rural.

Cumpri o prometido

Seu filho é uma filha, Samadhi, nasceu linda, alegre, livre…

E hoje Shanti é a Mãe do Santuário e todos que chegam pra libertação são Filhos de Shanti.

Rosângela Coelho

Comment here