Notícias

Passeio de charrete por tração animal é prorrogado em Aparecida, SP

Cavalo que teria desmaiado por exaustão no dia 19 de janeiro de 2019. Divulgação/MP

A Justiça prorrogou por mais 60 dias a operação de charretes na cidade de Aparecida. O Tribunal de Justiça havia determinado a suspensão do serviço na cidade a partir de 1º de janeiro de 2020 a pedido do Ministério Público.

O MP ajuizou uma ação civil pública em defesa dos animais utilizados nos passeios de charretes em Aparecida em junho de 2019. Em 2018 foi aberto inquérito civil regional para apurar a situação de animais utilizados em carroças e charretes em 34 municípios da RMVale.

Diversas irregularidades como privações de cuidados básicos, excesso de peso nas carretas (que permitem o transporte de até seis passageiros adultos), injúrias mediante chicotadas e trabalho ininterrupto ao sol teriam sido comprovadas.

O texto aponta ainda que os maus tratos já levaram dois cavalos a desmaiar na rua por exaustão – um deles teria acontecido no dia 19 de janeiro de 2019. A ação pediu a extinção deste tipo de uso dos animais na cidade por conta de diversas ocorrências de abusos e maus-tratos.

A Justiça determinou então que os uso de passeios com tração animal fosse suspenso a partir de janeiro de 2020, porém prorrogou o prazo por mais 60 dias a pedido do próprio MP que alegou erro material e falta de homologação no processo.

Por Samuel Strazzer

Fonte: Meon

Comment here